ENHANCING QUALITY IN ECEC THROUGH PARTICIPATION

Os pais partilham emoções acerca das primeiras semanas na creche

 Objetivos gerais da atividade

O objetivo da atividade é dar aos pais a oportunidade de partilhar emoções acerca das primeiras semanas em que os filhos ficam na creche.
A atividade permite-lhes entender que outros pais têm emoções semelhantes e sentirem-se apoiados.
No decorrer da atividade os pais adquirem também um maior conhecimento acerca da creche.

 Descrição da atividade

Durante as semanas que antecedem o ”lanche” dos pais, um pequeno vídeo de cada criança é elaborado pelos educadores com o objetivo de mostrar o quotidiano da creche.
Os pais são ativamente convidados para o ”lanche” que decorre ao fim do dia, a partir das 17.00 horas.
Através do uso de teclados de diferentes idiomas, os pais são convidados a escolher uma palavra-chave e explicar ao grupo a razão pela qual sentiram uma ligação pessoal à mesma durante as primeiras semanas em que os seus filhos ficaram na creche.
O exercício conduz a uma partilha ativa entre os pais.
Após essa primeira discussão, os filmes feitos com cada uma das crianças são mostrados, permitindo que os pais vejam como os seus filhos se estão a adaptar à vida na creche.
A atividade termina com um lanche com as crianças.

 Observações

(questões a ter em consideração ao implementar a atividade)

A presença dos educadores é muito importante para assegurar que os pais compreendem a importância do papel que estes desempenham na creche, tanto para as crianças como para os pais.
É aconselhável organizar babysitting que cubra o período da atividade, para que os pais se sintam à vontade para partilhar as suas emoções.
Relativamente a pais que falem apenas outros idiomas, é importante convidar um intérprete que pode ser um dos outros pais, um colega de trabalho ou qualquer outra pessoa.
Há que ter em atenção que é necessário elaborar um pequeno filme de cada criança.
A atividade é adequada para pais de crianças entre os 0 e os 6 anos de idade, sempre que comecem num novo grupo.

 Papel do educador

Além de preparar a atividade, um dos educadores deve também moderá-la, ficando responsável pelo processo.
É um papel de retaguarda com intervenções pontuais sobre a sua experiência com determinada criança – o que reforça a ideia de coeducação.

Papel da família

Os pais são os principais atores desta atividade. São eles que se expõe ao exprimir e partilhar as suas emoções com os outros pais.
Em geral, os sentimentos partilhados são comuns, o que faz com que os pais se sintam compreendidos e apoiados e aumenta a interação.

 Valor acrescentado para a criança e família

Os pais sentem-se mais envolvidos no quotidiano dos seus filhos. É-lhes dada a oportunidade de ver e compreender melhor o desenrolar de um dia na creche, o que gera um sentimento de segurança e confiança.
Tudo isto tem influência no bem-estar da criança.

Materiais a utilizar

  • Carta convite
  • Palavras-chave em diferentes idiomas
  • Pequenos vídeos de todas as crianças do grupo
  • Babysitting
  • Lanche

Questões para refletir sobre a melhoria geral do serviço

  • De que forma é que a prática melhorou o envolvimento parental?
  • Em que medida é que a prática melhorou o desenvolvimento profissional da equipa?
  • Como é que a prática afetou a relação de confiança com os pais?

Parceiros