ENHANCING QUALITY IN ECEC THROUGH PARTICIPATION

Encontro de fim de ano

 Objetivos gerais da atividade

  • Promover o envolvimento ativo e a cooperação dos pais com o jardim de infância.
  • Proporcionar um encontro informal e descontraído no fim do ano letivo.
  • Promover atividades na natureza.
  • Estimular o conhecimento e a integração dos pais entre si.

 Descrição da atividade

Reunir com os pais no fim do ano letivo é comum no jardim de infância.

Nesta atividade, os pais são convidados a preparar e organizar o “encontro de fim de ano”.

Depois de consultados e confirmado o seu interesse, os pais ficam responsáveis pela parte organizacional e recebem tarefas que são dividas por todos. O jardim de infância fica responsável pelas atividades para as crianças.

Os pais contactam-se entre si e organizam: convites, transporte, comida e bebidas.
A atividade descrita decorreu na conhecida montanha Böc, a cerca de 20Km do jardim de infância.
No dia do encontro, o grupo juntou-se para ouvir a lenda de um dragão que há séculos habita a montanha Böc, ao que se seguiu uma caça ao tesouro em que foram encontradas pegadas e um “dragão Böc”
No final, as crianças encontraram também um “verdadeiro tesouro maia”.
A expedição com as crianças durou cerca de uma hora e, durante esse período, os pais prepararam um picnic.
Todos se divertiram num ambiente descontraído. As crianças puderam expressar-se através de desenhos em cartões que já vinham preparados e brincar na natureza em Böc.
O encontro foi caloroso, descontraído e repleto de aventuras.

 Observações

(questões a ter em consideração ao implementar a atividade)
  • É necessário encontrar, entre os recursos naturais da região, um local interessante e adequado para desenvolver a atividade
  • Consultar os pais acerca deste formato para o encontro.
  • Convidar os pais a participar mediante as suas aptidões.
  • Conhecer quais os pontos fortes dos pais.

 Papel do educador

  • Preparar as atividades a realizar com as crianças, tendo em conta as características específicas do local (questões de segurança, etc.).
  • Os educadores devem chegar 1 hora antes e colocar símbolos ao longo da trilha para que, tanto as crianças como os pais, os encontrem e decifrem. Os educadores verificam também a segurança do percurso a percorrer.
  • Preparar tarefas: puzzles, identificação de árvores, atividades motoras, canções, como se comportar numa floresta, etc.
  • Relembrar os pais de que alguns necessitam de boleia.
  • Trazer materiais em caso de necessidade: cobertores, bolas, papel, canetas, etc.

Papel da família

  • “Apoiar” o interesse do evento
  • Prestar apoio mediante as suas aptidões
  • Apoio mútuo entre pais
  • Toda a família pode participar (não apenas os pais)

 Valor acrescentado para a criança e família

  • Desfrutar dos tempos livres juntos na natureza
  • Entender as caminhadas na floresta como uma forma ativa de lazer
  • Aprender sobre a região e os seus atrativos
  • Conhecer as outras famílias e desfrutar de uma socialização descontraída entre elas

Materiais a utilizar

  • Sinalização para a »caça ao tesouro«
  • Comida e bebidas
  • »Tesouro« (para surpreender as crianças)
  • Livro sobre lenda local (para inspirar a expedição)
  • Kit de primeiros socorros
  • Cartolina (para os cartões postais desenhados)
  • Canetas de feltro
  • Bolas

Questões para refletir sobre a melhoria geral do serviço

  • Todas as famílias participaram?
  • Assegurar que todos são informados sobre o evento.
  • Feedback dos participantes.

Parceiros