ENHANCING QUALITY IN ECEC THROUGH PARTICIPATION

A nossa manta

 Objetivos gerais da atividade

  • Criar parcerias entre os pais e a creche.
  • Fortalecer o envolvimento da família nas atividades da creche.
  • Promover atividades e convidar os pais a participar.
  • Promover oportunidades para que as famílias se conheçam entre si e se apoiem mutuamente.
  • Reconhecer que as crianças são parte da comunidade e nela desempenham um papel importante.
  • Fazer da manta um elo de ligação entre pais e filhos e entre a família e a creche.

 Descrição da atividade

O projeto “A nossa manta” foi apresentado numa reunião no início do ano letivo. É uma excelente ideia que aprendemos com Elmer e que oferece a oportunidade de criar uma relação com os pais logo no início do ano. Os pais podem conversar entre si e com os educadores – é uma forma de trabalhar em conjunto que cria oportunidades para pais e filhos partilharem momentos de uma forma inovadora.
Os pais avançaram imensas sugestões sobre como desenvolver a atividade. Colocámos Elmer, o elefante, no centro da manta e à sua volta os pais desenharam imagens e costuraram pequenos peluches ou outros brinquedos pertencentes aos seus filhos – o que decidiram ser adequado.
O interessante desta atividade é que a manta não fica apenas na creche, mas é também levada para casa pelas crianças. Os pais mantêm um diário onde anotam o que os filhos fazem com a manta no seu ambiente familiar. Às segundas feiras, os educadores leem o “diário da manta” às crianças e aquela que levou a manta para casa, pode contribuir com as suas próprias explicações. Em cada fim de semana a manta fica com uma família diferente e durante a semana as crianças brincam com ela na creche.

  1. Definir os motivos e objetivos da atividade.Decidir quem é responsável por que tarefas (apresentação, convites, informação para os pais, preparação de materiais, etc.) – escrever um plano.
  2. Preparar a apresentação da atividade aos pais no início do ano letivo (pode ser feito (como parte de uma reunião mais geral).
  3. Entregar os convites aos pais na semana que antecede a atividade.
  4. Na véspera da atividade, relembrar os pais e verificar se todos os materiais necessários estão preparados.
  5. Preparar o espaço (música, comida e bebidas) e os materiais.Workshop das 16.30 às 18.00
  6. Fotografar e recolher os comentários dos pais sobre a atividade – gostaram do que foi feito? O que gostariam de fazer nas próximas sessões? Comentários anónimos podem ser deixados numa “caixa de sugestões”.
    Avaliação dos comentários e sugestões dos pais. Comentários dos funcionários acerca da atividade.

 Observações

(questões a ter em consideração ao implementar a atividade)
  • É aconselhável pensar em potenciais problemas – por exemplo, os pais podem ter dificuldade em participar na atividade se esta coincidir com o horário de trabalho.
  • Pais separados podem também ter problemas relativamente a qual dos dois participa.
  • Promover momentos de partilha entre as famílias contribui para o fortalecimento das relações entre os diferentes participantes.

 Papel do educador

  • Encorajar a comunicação entre os diversos pais.
  • Estimular o diálogo sobre temas educacionais, de forma informal.
  • Convidar os pais a participarem nas atividades.
  • Encorajar um ambiente amigável e seguro para a atividade.
  • Cooperar com os pais no decorrer da atividade.
  • Integrar as ideias dos pais.

O educador é um motivador e um colega que está em comunicação permanente com os pais e que cria oportunidades para o desenvolvimento de relações entre as famílias.

Papel da família

Os pais têm um envolvimento permanente, participam e têm interesse em assegurar que os filhos se sintam bem no grupo.
Têm oportunidade de fazer perguntas acerca dos filhos. Trazem materiais. A creche organiza uma variedade de workshops sociais e criativos para apoiar a socialização e lazer de pais e filhos. É importante os pais participarem nas atividades.

 Valor acrescentado para a criança e família

O objetivo da atividade é unir creche e família no desenvolvimento de uma relação de confiança. É também uma oportunidade para os pais se conhecerem melhor entre si.
Haver entusiasmo dos pais em cooperar e oferecer ideias.
O objetivo é também o de proporcionar que os pais experienciem a creche como um lugar em que têm a oportunidade de se envolver no quotidiano dos filhos.
É partilhada a ambição de gozar a atividade em conjunto, enquanto se adquire conhecimento e novas competências. A interação entre pais e filhos é importante - o objetivo é enriquecer as experiências das crianças e dar-lhes perceção da sua própria criatividade.

Materiais a utilizar

  • Convites
  • Espaço devidamente preparado
  • Algodão
  • Marcadores para têxteis
  • Pedaços de tecido colorido
  • Linhas e agulhas
  • Pequenos peluches, fantoches de dedo, etc.

Questões para refletir sobre a melhoria geral do serviço

  • A prática dá resposta às necessidades que a geraram?
  • De que forma é que a prática melhorou o envolvimento parental?
  • Em que medida é que a prática melhorou o desenvolvimento profissional da equipa?
  • Como é que a prática afetou a relação de confiança com os pais?

Parceiros